Cirurgia Plástica, em 2009 os homens realizaram 119.217 cirurgias plásticas no Brasil

 Por Michelle Raphaelli

Mais de 1700 cirurgias plásticas são realizadas por dia no Brasil, que ocupa o segundo lugar no ranking mundial de intervenções cirúrgicas . Perde apenas para os americanos. Uma pesquisa encomendada pelo IBOPE apontou que a maior parte delas são estéticas./ As mulheres são as que mais se submetem às intervenções . O estudo também aponta que os homens estão procurando mais pelas cirurgias.

Pesquisa aponta mais de 1700 cirurgias plásticas por dia no Brasil

 Uma pesquisa inédita realizada pelo IBOPE Inteligência sobre o mercado da cirurgia plástica no Brasil para o XI Simpósio Internacional de Cirurgia Plástica, evento anual que acontece no mês de março em São Paulo com a coordenação científica dos cirurgiões Carlos Uebel (RS) e Ewaldo Bolívar de Souza Pinto (SP)  — divulgada no dia 4 de maio, apontou que foram feitas 645.464 cirurgias plásticas em 2009 no Brasil. Desse total, 443.145 foram cirurgias estéticas (69%), e 202.319 cirurgias reparadoras (31%), o que representa 1788 cirurgia plásticas por dia.      

.: Mulheres – Elas são as que mais se submetem à cirurgia (82%) num total de 526.247 intervenções, sendo que as cirurgias de lipoaspiração correspondem a 29% e de mama 19%.

As cirurgias de face mostram os seguintes dados: pálpebras (12%), plástica de face em geral (10%), nariz (8%) e orelhas (5%). 

.: Homens – A pesquisa constatou que em 2009 os homens realizaram 119.217 cirurgias plásticas no país, o que corresponde a 18% dos procedimentos. As cirurgias mais realizadas pelo sexo masculino são: pálpebras (16%), lipoaspiração (13%), face em geral (13%), nariz (13%), orelha (11%), e implante capilar (7%). 

Implantes de silicone

Do número total de implantes de silicone, 99% são utilizados em pessoas do sexo feminino e 1% do sexo masculino. Das 156.918 mulheres que colocaram próteses, 91% foram nas mamas, 5% nos glúteos, 2% no queixo e 1% nas panturrilhas. Em homens, a maioria das 1.793 próteses de silicone foi implantada no peitoral (46%), no queixo (21%), nos glúteos (18%), nas panturrilhas (8%), nos bíceps (5%) e tríceps (2%). A maioria das cirurgias de mama (Mamoplastias) é de procedimentos estéticos, enquanto que as cirurgias reparadoras de mama correspondem a 9%.

 A média dos implantes mamários é de 275 ml, porém o de 300 ml, o mais utilizado, alcançou (20%)

 Outros dados importantes do levantamento revelam que a maioria das cirurgias plásticas no país são realizadas em hospitais particulares (76%), sendo que apenas 12% em hospitais públicos (SUS). A maioria das cirurgias são feitas através de convênios (88%).

 A região Sudeste lidera o número de procedimentos (64%), seguida da região Sul (16%). Já a  Nordeste representa(10%), a do Norte (10%) , e a Centro-Oeste (8%) dos procedimentos realizados no país. O levantamento do IBOPE foi feito no período de 20 de novembro de 2009 a 31 de março de 2010.

Segundo o coordenador científico do Simpósio Internacional de Cirurgia Plástica  e vice-presidente da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plastica (SBCP), Carlos Uebel, a pesquisa realizada, em âmbito nacional, buscou traçar um diagnóstico atualizado sobre o mercado da cirurgia plástica por meio de um levantamento e informações referentes à quantidade de cirurgias plásticas/reparadoras e outros procedimentos realizados no Brasil no ano de 2009 revelando um quadro real do trabalho do cirurgião plástico no Brasil.

 Outros dados:

 Universo: sócios da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP).

 Sobre a atual situação do mercado da cirurgia plástica no país, 80% responderam que a especialidade está se desenvolvendo bem.

 A média de cirurgias plásticas em mulheres no Brasil é de 121 por dia (526.247), em 2009. A média de cirurgias no sexo masculino é de 28 por dia (119.217/), em 2009 no Brasil segundo os dados da pesquisa IBOPE para o XI Simpósio Internacional de Cirurgia Plástica.

Em comparação com pesquisa feita pela SBCP em 2008, o aumento no número de cirurgias foi de 2,68%. Dados não oficiais da SBCP, estima-se que a procura tenha crescido em 2009 em torno de 10% nos procedimentos realizados no país informa Carlos Uebel.

O Brasil ocupa o segundo lugar no ranking mundial de cirurgias plásticas. Os Estados Unidos ocupa o primeiro lugar com 1,5 milhão de cirurgias (2009), o que representa 9% a menos do que no ano anterior (2008), segundo dados da Sociedade Americana de Cirurgia Plástica e Estética.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: