Corte de Cabelo? Conheça o profissional que trabalha pensando nisso!

Por Michelle Raphaelli

ENTREVISTA

Rafaeli Aguilheiro, cabeleireiro da equipe de Hugo Moser  há  7 anos , fala sobre tendências para cortes de cabelo, sobre o trabalho cotidiano no salão e a sua relação com os clientes.

AGA:  Há quantos anos está no mercado dos salões de beleza? Onde trabalha atualmente?

Rafaeli: Aproximadamente 7 anos. Trabalho na Rede de salões Hugo Beauty desde o inicio até hoje.

AGA: Porque escolheu a profissão? Existe preconceito, já que muitas pessoas associam a profissão às mulheres ou gays?

Rafaeli: Sinceramente jamais pensei em trabalhar nesta área caí de pára-quedas; mas sempre gostei muito de trabalhar com pessoas e tenho uma profunda admiração por artes em geral, logo,me apaixonei pela profissão. Acho que preconceito mesmo muito pouco, mas sempre vão ter aquelas pessoas não muito informadas a respeito da profissão, mas que logo acabam mudando de ideia.

AGA:  Quais são as tendências de cortes masculinos para o momento?

Rafaeli: Para o corte o que deve ser levado em consideração é a sua personalidade da pessoa, a  impressão que  deseja causar como também o seu formato de rosto; Aí então se pode seguir algumas tendências como usar os cabelos mais desconectados, alguns com o contorno mais limpo de acordo com a atividade do cliente podendo variar assim o look utilizando algum produto de finalização para facilitar o alcance do objetivo.

AGA: O que mais te realiza na tua profissão?

Rafaeli: A possibilidade de fazer as pessoas se sentirem melhores e mais felizes consigo mesmas, e sem dúvidas o fato de me sentir importante e especial por ser  escolhido por meus clientes para cuidar de um dos bens mais preciosos e fundamentais ao ser humano a “auto-estima”.

AGA: O que mais gosta de fazer dentro das tuas atividades: cortes, tinturas, penteados? E no atendimento masculino, o que os homens mais pedem mais?

Rafaeli: Sem dúvida cortar cabelo pra mim é como se fosse fazer uma escultura, mas para a realização do meu trabalho, o corte a coloração e a finalização se completam. Os clientes masculinos estão cada vez mais exigentes e antenados no que acontece e freqüentam  muito o salão de beleza,mas muitos ainda um pouco tímidos sem saber o que pedir, mas bem informados e deixam o profissão à vontade para mudar e fazê-los parecer mais modernos,mais jovens ou pouco mais ousados.

AGA: Quais eventos, cursos participaste? Algum foi destaque para ti?

Rafaeli: Bom, trabalho com Hugo deste que comecei a lavar cabelo e participei de várias produções e algumas apresentações e muitos cursos, mas destaques realmente foram os cursos de finalização e corte que tive com Hugo Moser que são o alicerce do meu trabalho.

AGA: Existe alguém que te serve como espelho na tua profissão? Quem e porquê?

Rafaeli: Admiro muito o Hugo Moser não só pelo trabalho, mas também pela vontade, dedicação, comprometimento e a preocupação para que tudo saia da melhor forma possível, sem deixar de mencionar sua postura frente a sua equipe.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: