Um homem de sucesso: Hugo Beauty

Pedimos licença ao Carderno Donna de Zero Hora e publicamos o  link:

http://www.clicrbs.com.br/especial/rs/donna/19,206,2874905,Como-Hugo-Moser-superou-a-infancia-pobre-e-se-transformou-no-poderoso-Hugo-Beauty.html

Hugo Moser, o Hugo Beauty,  conta a repórter Priscila Montandon, detalhes sobre sua vida pessoal e profissional. Uma vida inteira dedicada ao trabalho em estética e beleza. Sucesso e determinação são palavras que não podem faltar para definir as escolhas de vida deste homem. Não deixe de acessar o link.

Preconceito e discriminação à profissão de cabeleireiro – leia trecho:

“(…)Nessa relação de tanta proximidade, o preconceito que Hugo enfrentou desde o início da carreira só doeu mesmo diante das provocações sofridas pelos filhos na escola, quando ouviram piadas sobre a sexualidade do pai e a discriminação à profissão de cabeleireiro. Hoje, no entanto, o primogênito, Pedro, diz não ter se incomodado tanto assim:

– Ouvia muita piada. Até hoje ouço, mas as pessoas já têm muito mais respeito.”

Abaixo texto de Rosane de Oliveira:

Simplesmente Hugo
Por Rosane de Oliveira

“Conheço Hugo Moser desde o início dos anos 1980, quando seu império não passava de uma cadeira diante de um espelho no segundo andar do Danilo Cabeleireiros, na Rua Jerônimo Coelho. À época, ele era simplesmente Hugo. Poderia ser mais um entre as dezenas de profissionais do salão, mas se diferenciava pela postura discreta, pelo talento e pela capacidade de encantar as clientes. Ninguém fazia uma escova igual.

Deve estar aí a explicação para 10 anos depois eu ter embarcado na onda do agendamento semestral ou de esperar horas por um “encaixe” para cortar o cabelo na linha de montagem Hugo Beauty da Independência: um auxiliar lava, Hugo corta, outro seca, ele dá o toque final.

A impossibilidade de continuar submetida a horários marcados com tanta antecedência, incompatíveis com a minha agenda de horários incertos, me fez desistir de Hugo, mas acompanhei o crescimento do seu império: sede própria em Petrópolis, Iguatemi, Moinhos de Vento e BarraShoppingSul. Voltei a frequentar um dos seus salões por conveniência de endereço e pela convicção de que os discípulos seguem o padrão de qualidade do mestre.

Por coincidência, temos filhos na mesma escola. Lá, os Moser são conhecidos pelos amigos como “filhos do Hugo Beauty” e da Gabriela, uma mãe vigilante que ninguém sabe como dá conta de administrar os salões e a rotina de quatro adolescentes.”

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: